Educação Empresarial – Aprenda a ter disciplina como um Empresário

Todos querem empreender, porém, nem todos têm conhecimento das responsabilidades e habilidades para empreender e ter sucesso. Essas são algumas dicas de como se adquirir disciplina no ambiente empresarial, para quem deseja empreender.

Todo mundo pensa em empreender nos dias de hoje – ou pelo menos grande parte das pessoas –, e de fato essa prática vem se tornando cada vez mais
comum quando analisado o mercado e suas necessidades que somente crescem com a evolução e as facilidades que a tecnologia proporciona, e dos
diversos nichos que surgem diariamente, e também com as opções que são dadas como facilidade a quem deseja ser dono de seu próprio negócio fazendo uso exatamente dos meios desse mesmo benefício tecnológico.

Há alternativas para quem quer empreender nos inúmeros mercados novos que dia após dia aparecem nos sites e blogs de empreendimento, as
chamadas empresas Startups que desenvolvem um novo modelo de negócio do qual inova e abre portas para novos meios até mesmo de investimento, ou aprimoram algum modelo de negócio já existente – e em algumas vezes até mesmo ultrapassado – e esses empreendedores corajosos surgem trazendo uma nova oportunidade para o mercado.

Porém, sejam novos esses empreendedores ou já “velhos”, ou melhor, atuantes e consagrados em determinado nicho, ambos devem se atentar a
alguns cuidados básicos e necessários para que a sua empresa ou emergente ou já estabelecida no mercado não cometa deslizes nos quais o preço a ser pago pode ser alto – futuramente ou mesmo de imediato.

Portanto, atente-se você empreendedor, esses tópicos podem ajudar e muito para que a sua empresa tenha estabilidade e disciplina tanto na questão de administração quando na questão financeira. São eles os tópicos:

Tenha disciplina

O mundo moderno e as facilidades parecem querer distorcer alguns pontos que são essenciais para que haja disciplina e organização empresarial, e muitas das vezes alguns empreendedores confundem “liberdade” com “bagunça e indisciplina”.

Manter a disciplina pode parecer algo rudimentar e é, afinal, deve sim haver a liberdade de, por exemplo, poder trabalhar com, a flexibilidade de horário, até mesmo implementar sistemas de pausa e aderir aos novos métodos diante da jornada de trabalho que surgem por ai. Porém, isso não deve ser confundido com indisciplina, como muitas vezes é.

Tem empreendedor que confunde até mesmo a liberdade de horário com a questão da falta de compromisso com os prazos. O fato de ele poder iniciar as atividades o horário que bem entender muitas vezes o tira o compromisso com prazos, e no fim, não cumprindo com as metas estabelecidas – isso quando se lembra de estabelecê-las – o prazo final para a entrega do serviço finalizado já ficou pra trás faz tempo.

Poder ter liberdade com horário, porém manter sempre a disciplina e as metas diárias, ou semanais, ou como achar que deve ser programado esse
cronograma, mas manter a disciplina. Afinal, não honrar com compromissos pode ser um tiro no pé de um empreendedor frente à seu cliente.

Faça uso da gestão adequada com seus fornecedores

É de fundamental importância que haja respeito e uma gestão adequada com
seus fornecedores de determinados materiais, equipamentos, ou o que for o produto ou serviço que sua empresa houver a necessidade.
Manter uma boa relação com seus fornecedores, agir com transparência e respeito desde o momento da conversa, até negociar valores justos, no caso
de haver troca de favores que seja sempre com ética acima de tudo, entre diversas outras formas de demonstrar que a sua empresa é séria, e não um
quebra-galho ou um amigo com quem ele possa contar, ou você contar com ele.

A relação com um fornecedor de seu empreendimento deve ser vista com olhar profissional, mas o que não impede de ter sempre respeito e uma proximidade que, sempre mantendo a postura e a ética, torne-se mais uma parceria do que de fato um fornecedor visto com olhos somente profissionais. As boas relações com esse fornecedor pode formar um laço longínquo que com certeza renderão bons frutos para ambos os lados profissionalmente e financeiramente, preserve-o.

Separe as contas pessoais das empresariais

Outra forma de manter a disciplina como empreendedor é justamente entender que as contas de sua empresa são de sua empresa, e as suas pessoais são as suas pessoais. Isso pode parecer difícil no começo e muitas vezes tentador para os dois lados.

Pode ser que a sua empresa comece a ir bem nos lucros e de repente o caixa dela está alto, gordo, satisfatório e o seu, pelo contrário, não vendo a hora de poder mandar para a conta pessoal a sua parte logo. Jamais confunda as coisas, não faça uso do orçamento e do caixa que deve
ser destinado à empresa para gastos pessoais com o pretexto de que “eu reponho”. Não, mesmo você de fato conseguindo repor em breve, não faça
isso. Pode virar um vício e um vício perigoso.

Respeite a separação das contas, e do contrário também serve, no caso de a empresa estar mal financeiramente ou mesmo necessitando de algum valor para compra de material ou equipamento, e lhe vem à mente a ideia de passar no seu cartão de crédito pessoal para quando a fatura vir, você pagar com o caixa da empresa.

Não cometa esse erro totalmente arriscado para o seu controle financeiro.

Saiba separar e entender a importância de manter essa separação de contas pessoais das contas da empresa, e com certeza a sua organização financeira será um sucesso, repleta de disciplina.

Use sempre uma solução lógica e bem pensada

Por último nesses fatores básicos para que haja uma organização adequada
para a sua empresa, é sempre manter a cabeça no lugar. Pode ser que algum problema pareça surgir na pior hora possível, ou mesmo em momentos
importunos e isso vai ocorrer, afinal, você é o maior responsável por todos os setores e possíveis problemas do seu empreendimento.

Portanto, sempre mantenha a cabeça no lugar e use uma solução lógica, pensando em todas as possibilidades e nas conseqüências que determinadas
tomadas de decisão possam acarretar se não pensadas friamente e com lógica. Por mais difícil que possa parecer esse problema, a solução somente
virá à tona se o caso for bem pensado e mantendo sempre o uso da lógica.

Faça o exercício desses tópicos em seu empreendimento e você verá independente se é um iniciante no mundo dos negócios ou mesmo uma
empresa estabelecida, que a disciplina é fundamental para a organização e o sucesso empresarial.

Fonta: Contábeis – por DIEGO MONTEZE