TECNOLOGIA: A Natural evolução tecnológica e sua necessidade no negócio

08/05/2020

Essa natural evolução tecnológica esta associada a vários eventos cujo foco é a racionalização de custos e a preservação da qualidade da atividade

O momento de crise indica uma das tendências do mercado que é a ratificação da importância da tecnologia no dia a dia das empresas. Enquanto temos vários setores trabalhando em forte redução de custos, temos outros no que podemos chamar de expansão, contratando profissionais com perfil de atuação em tecnologia da informação, atividades suportadas no quesito “on-line” que propiciam comodidade ao usuário são a “bola da vez” no momento da atual crise.

Assim temos o exemplo tradicional do e-commerce que neste instante traz a operacionalidade e sustentabilidade a várias empresas comerciais, temos o setor de transporte desde o item mais básico ao mais sofisticado, suportado as vendas “on-line”, da refeição ao equipamento adquiridos para suprir a necessidade do consumidor, passando pelo marketing digital, pela aprovação do pedido, pela efetivação do pagamento, temos atividades que também já despontavam como diferencial de consumo exemplo da  EAD – Educação a Distância, a telemedicina, e suportando todas essas atividades “on-line”  temos a indústria da inovação e da tecnologia.

Isso tudo, nos demonstra uma clara tendência do mercado que é a redução de custos, a agilidade operacional, em conjunto com a preservação da qualidade seja de produto ou de informação base em inovação tecnológica. Não é raro ouvirmos, atualmente, que empresas estão analisando para o pós crise, a necessidade de gastos altíssimos com acomodações físicas considerando que  agora, comprovadamente a quase totalidade do time está trabalhando “home office” e as atividades estão caminhando. O investimento em infraestrutura funcional pode ser redirecionado para atualizações tecnológicas que permitam a continuidade de parte desse trabalho em casa, com idas pontuais e programadas a empresa, mantendo-se a qualidade de informação, sem a perda de rendimento qualitativo e quantitativo.

Essa natural evolução tecnológica esta associada a vários eventos cujo foco é a racionalização de custos e a preservação da qualidade da atividade. Assim, temos a indústria 4.0, temos a internet das coisas – iOT, e de forma mais recente temos essa massificação do trabalho “home office”, tudo demonstrando a importância da tecnologia no dia a dia das pessoas, das organizações, e  no futuro das atividades econômicas como verificamos neste exato momento.

Temos escrito algumas matérias buscando alertar empresas sobre os efeitos benéficos dos investimentos em inovação tecnológica em termos do perfil de relação com o outro (com o interlocutor), relação de consumo seja na compra seja na forma de entrega, relação do homem com a máquina, relação do homem com máquinas interligadas disponibilizando informações em tempo real com  qualidade nunca vista, e a relação laboral entre o empregador e o seu colaborador, nos trabalhos home office, com controles de produtividade e assiduidade “on-line”.

Descubra o seu perfil inovador, seja como idealizador, seja como patrocinador, seja como investidor, seja como desenvolvedor, seja como parceiro de desenvolvimento, seja como mero usuário. Estamos, atualmente, verificando “in loco” a importância dessa mudança em termos de meios e costumes. Realizado esse enquadramento, busque incentivos que possam maximizar seu projeto, e para isso você deve enquadrar o mesmo como sendo de pesquisa dirigira, e/ou, pesquisa aplicada, e/ou, desenvolvimento experimental, e/ou atividade técnica industrial básica, e/ou serviços de apoio técnico.

Não menos importante, defina sua estratégia para o pós crise, ou, redefina a sua estratégia operacional e orçamentária mediante tudo isso que a sua empresa esta vivenciando, para o momento seguinte, para o momento da retomada da normalidade, e avalie aonde a inovação tecnológica está enquadrada no seu planejamento de negócio.

Fonte: Contábeis – por Jorge Carlos Bahia