Transformando o básico em referência: dicas para deixar sua loja mais atrativa

04/11/2020

Com a reabertura do comércio após o auge da pandemia, as empresas ganharam um novo desafio: atrair o público, que ficou mais acostumado às compras virtuais, para as lojas físicas.

Não dá para negar que o e-commerce oferece vantagens importantes, como a praticidade para comprar e a facilidade de comparar produtos e preços de diferentes marcas. Por isso, mais do que nunca, os empreendedores que desejam levar clientes aos seus estabelecimentos precisam colocar a criatividade em jogo para tornar seu espaço ainda mais atrativo para o consumidor.

Pensando nisso, separamos algumas dicas simples para o visual da loja que podem agradar seu público. Confira, a seguir:

1 – Crie uma boa primeira impressão

Manutenção e limpeza são palavras-chave quando o assunto é causar uma boa impressão com o seu estabelecimento. Fique de olho no estado dos pisos, paredes, tetos, janelas e portas, e veja se todos os cantos da sua loja estão com um bom acabamento e uso de cores adequadas para o que você deseja transmitir ao público.

Em uma loja com produtos para o público infantil, por exemplo, não podem faltar cores mais vibrantes. Mas se a ideia é passar uma impressão de sofisticação para outros tipos de cliente, você pode usar tons terrosos e até ousar utilizando dourado e tonalidades próximas.

No que diz respeito à limpeza, cada espacinho do estabelecimento precisa ser avaliado. Ao utilizar elementos de tecido na decoração do ambiente, como tapetes e cortinas, é importante planejar uma frequência de lavagem para que estejam sempre limpos.

2 – Planeje a organização do espaço

Um ambiente agradável deve ser, antes de qualquer coisa, funcional. Pense em como a sua loja ficaria se estivesse vazia e, a partir daí, planeje uma nova divisão do ambiente, definindo onde pretende colocar cada móvel.

Organize as prateleiras, balcões, vitrines e gôndolas pensando em oferecer fácil circulação ao público dentro da loja, para que eles se sintam confortáveis e queiram permanecer por mais tempo no ambiente. Mas, atenção: tenha cuidado, também, para não deixar espaços amplos demais e fazer com que a loja pareça “vazia”.

3 – Capriche na exposição em prateleiras e expositores

Identifique quais são os produtos da loja para os quais você quer chamar mais a atenção. Eles devem ser expostos ao nível dos olhos, normalmente entre 1,20m e 1,80m de altura.

Priorize deixar os itens mais pesados nas partes inferiores das prateleiras e os mais leves nas partes superiores. Essa é uma forma simples de evitar acidentes no manuseio.

A disposição do mobiliário também faz toda a diferença na impressão que a sua loja vai causar. Se a ideia é proporcionar um visual mais agradável e organizado, por exemplo, usar prateleiras ou estantes dispostas ao longo de uma parede pode ser uma alternativa interessante.

4 – Aproxime produtos semelhantes e complementares

Ao planejar a distribuição das mercadorias na loja, evite expor juntos produtos que não têm afinidade. Procure aproximar os itens pela utilidade, possibilidade de complementação, cor ou gênero, por exemplo, de acordo com a proposta da sua empresa.

Fique atento para que nenhuma mercadoria à venda fique suja, desbotada ou com qualquer tipo de avaria, o que pode ocorrer em períodos de grande movimento. Produtos em mau estado de conservação transmitem uma impressão de qualidade inferior e, para a sua loja, também podem trazer uma imagem ruim.

5 – Faça uma comunicação objetiva

Dentro da loja, é interessante usar cartazes informando as ofertas, condições de pagamento disponíveis e informações afins. Mas tudo isso deve ser feito com discrição. Lembre-se que a sua missão é oferecer praticidade ao cliente, e por isso, toda comunicação precisa ser objetiva, com pouco texto e letras grandes.

Além disso, é fundamental deixar os preços aparentes em todos os produtos. Essa determinação consta no Código de Defesa do Consumidor, mas também vale lembrar que mercadorias bem sinalizadas são vendidas com mais facilidade.

6 – Ambiente perfeito: temperatura e som na medida certa

Para que os clientes queiram ficar mais tempo na loja e seus funcionários trabalhem melhor ao longo do dia, você precisa garantir que o ambiente esteja sempre agradável.

Ajuste a temperatura para manter o conforto térmico do local (com sistemas de refrigeração, ventiladores ou abertura de janelas) e, se for usar fundo musical, cuidado com o volume. Lembre-se que a música também deve ser adequada ao estilo da loja.

Gostou das dicas? Quais desses cuidados você já tem tomado em seu estabelecimento e em quais pontos você pode melhorar? Note que muitas das orientações que oferecemos aqui não exigem alto investimento financeiro, mas podem fazer uma boa diferença na construção de um ambiente melhor para a sua loja.

Se você procura por uma contabilidade consultiva, consulte a Alpha Consultores Associados uma empresa de contabilidade em campinas há 29 anos, atendendo com excelência nossos clientes, estamos à sua disposição, entre em contato conosco [email protected]

Fonte: ACSP Associação comercial de São Paulo